quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

A HISTÓRIA DO CURVEX...


O curvex foi inventado em 1929 e patenteado em 1931 por Willian Beldure, dono da Kurlash Company, que produzia a ferramenta no Canadá, Estados Unidos e Grã-Bretanha.
Depois ele passou a ser aprimorado e produzido por diversas marcas, mas se tornou famoso no mundo inteiro pelo japonês que mais entende do assunto, Shu Uemura.
A marca possui alguns modelos com diferentes especificações.
Este poderoso instrumento de maquiagem ajuda muito para que nossos olhos fiquem mais radiantes e destacados. Existem vários modelos de CURVEX que você pode tentar usar. Os mais comuns são os de PLÁSTICOS, METAIS e TÉRMICOS.
O campeão que recomendo 100% para as amigas é do SHU UEMURA.

Agora dicas de como usar seu CURVEX:

-Sempre faça em frente ao espelho para não beliscar a pálpebra.

- Posicione a abertura do curvex perto da raiz dos cílios superiores, feche o aparelho e aperte uma vez com firmeza, segure por alguns segundos e solte.

-Nunca passe rímel antes de usar o curvex. Os cílios podem ficar endurecidos e se você passar o curvex após este processo, você poderá quebrá-los! Portanto, use o curvex antes do rímel.

-Se o curvex deixou a curvatura estranha, antes de finalizar com o rímel, passe um cotonete úmido nos cílios. Os fios retornarão ao formato original. Assim que eles estiverem secos, recomece o procedimento.

-A borrachinha do curvex precisa ser trocada a cada seis meses, mas você prolongar a vida útil dela: basta invertê-la depois de um semestre de uso; assim, ela pode durar até um ano.

Um comentário:

  1. que bacana, as vezes usamos tantas coisas e nem sabemos da história, de como surgiu não é mesmo?

    beijos,
    www.allaboutmakeuup.blogspot.com

    ResponderExcluir